Deputada denunciou marido por armazenar pornografia infantil

0
82
Wikimedia Commons/ Reprodução

Uma deputada australiana denunciou o marido, após descobrir que ele possui pornografia infantil

A deputada australiana Rachel Carling-Jenkins revelou nesta semana que denunciou o próprio marido por armazenar pornografia infantil. Ela disse que no mesmo dia que descobriu o caso, em fevereiro de 2016, foi à polícia e denunciou o, agora, ex-companheiro. A política do partido Conservadores Australianos disse que nunca havia suspeitado que seu marido fosse viciado em pornografia infantil.

A deputada disse que esperou para falar sobre o caso para não atrapalhar as investigações. O ex-marido dela foi condenado a quatro meses de prisão.

“Eu me encontro agora inconscientemente procurando os rostos de meninas que eu vejo nas ruas, angustiada quando um rosto desencadeia uma lembrança de uma foto ou um vídeo de uma menina pequena que eu vislumbrei em sua coleção”, disse ela. “Essas meninas não seriam abusadas se pessoas como meu ex-marido não criassem um mercado”, afirmou a deputada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui