Governo suspende investigações da Operação Lava-Jato

0
58

Ministério da Transparência congelou investigações da Lava-Jato sobre empresas suspeitas de corrupção

Com o argumento de que as empresas propuseram acordos de leniência, delação premiada para pessoas jurídicas, o Ministério da Transparência já suspendeu investigações de pelo menos 11 empresas suspeitas de corrupção, sendo que a maioria delas está entre os alvos da Operação Lava Jato. As informações são de reportagem do jornal Folha de S. Paulo desta sexta-feira (03/10).

Para o Tribunal de Contas da União (TCU), que investiga os procedimentos do órgão, a suspensão “não tem amparo legal e favorece indevidamente as empresas”. O órgão fiscalizador explica que enquanto não são punidas pelo governo, as empresas continuam aptas a fechar contratos públicos. O TCU pediu à Controladoria-Geral da União (CGU) para que apresente, em 60 dias, um mapeamento completo das tratativas em curso. Apesar de suspensas as investigações, os prazos de prescrição dos crimes continuam correndo.

Ao jornal, o Ministério da Transparência informou que atua “de forma regular e em total respeito às leis e normas vigentes, visando unicamente ao interesse público”. Além disso, acrescentou que “nunca houve interrupção de investigações, visto que o acordo de leniência é igualmente um meio de obtenção de provas”.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui