in ,

Dançar pode ajudar a curar depressão e ansiedade – Entenda!

Flickr/ Reprodução

A dança une os benefícios da atividade física a um efeito terapêutico

Ansiedade e depressão são doenças que alteram o estado psicológico, podendo ser necessário o uso de medicamentos para controlar o problema e trazer a normalidade de volta a vida da pessoa.

Muitos fatores podem levar ao desenvolvimento de um quadro de ansiedade ou depressão,  excesso de trabalho, de cobranças, solidão, traumas e até alterações hormonais, estão entre as causas mais comuns. Também é comum que um quadro de ansiedade desencadeia a depressão.

Um dos tratamentos indicados para amenizar e ajudar a acabar com essas doenças é a atividade física. A prática de uma atividade física libera um hormônio chamado Endorfina,  que é responsável pela sensação de bem estar, melhorando a auto-estima e auto-confiança, e portanto, reduzindo o estresse e a ansiedade.

Balé, dança de salão, jazz… Não importa o gênero, dançar é uma atividade física e traz os mesmos benefícios físicos de outras: melhora a condição muscular, promove o ganho de condicionamento físico e melhora o equilíbrio. Mas, além destes aspectos, a dança apresenta outras vantagens:

Efeito terapêutico

A dança possui um efeito terapêutico porque promove a sociabilização e melhora a concentração, afinal não é possível dançar com os pensamentos em outro lugar, o foco é totalmente nos movimentos, ou seja, os problemas ficam esquecidos, pelo menos por um tempo.

Qualquer pessoa pode fazer

Ao contrário de outras atividades físicas, a dança pode ser praticada por qualquer pessoa, independente de idade ou condicionamento, basta ficar atento às suas limitações.

Globo pensa em dispensar Luciano Huck e Angélica

Eric e Maria Pia vão dividir suíte no Carioca Palace em Pega Pega