in , ,

Comissão aprova PEC do fim das coligações

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A Comissão da Câmara dos Deputados que discute regras da reforma política aprovou, nesta quarta-feira (23/08), o texto-base que acaba com coligações partidárias a partir de 2018.

A comissão da reforma política aprovou na tarde desta quarta-feira o parecer da deputada Shéridan (PSDB-RR), que acaba com as coligações partidárias para as eleições de deputados e vereadores já a partir do ano que vem e cria a cláusula de barreira gradativa de 2018 até 2030.

Por essa medida, os partidos que não atingirem 1,5% dos votos válidos nacionalmente não terão direito de ser representados no Congresso. Esse percentual tem que ser atingido em pelo menos nove estados da federação e vai aumentando a cada eleição, até chegar ao patamar mínimo de 3% em 2030.

A proposta aprovada prevê que os partidos possam formar uma federação entre as legendas que tenham o mesmo programa ideológico. A atuação da federação deve seguir uma identidade política única e, ao mesmo tempo, respeitar o estatuto de cada partido. Uma das principais diferenças é que as federações unem os partidos pelo tempo de mandato, ao contrário das coligações que costumam ser desfeitas logo após as eleições.

 

Divulgado 1º trailer de How To Talk To Girls At Parties, baseado em conto de Neil Gaiman

Governo anuncia privatização de 57 empresas, incluindo a Casa da Moeda