in , ,

Governo Temer extingue reserva e autoriza exploração mineral na Amazônia

Ministério nega que decisão vá impactar a preservação ambiental na região

Em decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (23/08), o presidente Michel Temer (PMDB) extinguiu a Reserva Nacional do Cobre, nome pelo qual ficou conhecida uma área de 47 mil metros quadrados na região da Amazônia, mais precisamente nos estados do Pará e Amapá. A reserva tem como principal riqueza mineral o ouro.

Esta é a confirmação de uma iniciativa adotada em março desse ano, quando o Ministério de Minas e Energia publicou uma portaria em que anunciava a intenção de extinguir a reserva e regularizava a situação de títulos minerários na região.O Ministério negou que a decisão traga qualquer prejuízo à proteção florestal:

“O decreto de extinção não afasta a aplicação de legislação específica sobre proteção da vegetação nativa, unidades de conservação da natureza, terras indígenas e área em faixa de fronteira”, alegou.

Governo anuncia privatização de 57 empresas, incluindo a Casa da Moeda

John Carpenter lançará álbum com suas trilhas sonoras