in ,

Míssil da Coreia do Norte sobrevoa Japão

Foto KCNA/ Reprodução

Conselho da ONU terá reunião para discutir uma resposta à Coreia do Norte

A Coreia do Norte disparou um míssil não identificado nesta segunda-feira (28/08), que sobrevoou o norte do Japão. A informação foi confirmada pelos Exércitos sul-coreano e japonês, além do Pentágono. O foguete foi lançado de um local próximo à capital, Pyongyang, às 05h57 (17h57, no horário de Brasília) e voou cerca de 2,7 mil quilômetros, alcançando a altura de 500 quilômetros. O míssil quebrou em três partes e caiu no mar a 1.180 quilômetros ao leste de Cabo Erimo, em Hokkaido, a segunda maior ilha do arquipélago japonês. O sistema de alerta do governo, aconselhou as pessoas na área a tomarem precauções, mas não houve danos.

Após o lançamento do míssil, o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, disse que fará tudo o que puder para proteger o país.

— Faremos os maiores esforços para proteger a vida das pessoas — Abe disse a repórteres enquanto entrava em seu gabinete para um encontro de emergência. Ele também afirmou que se reunirá com a Organização das Nações Unidas (ONU) para discutir uma resposta à Coreia do Norte.

O porta-voz do governo japonês, Yoshihide Suga, também afirmou que o míssil representa uma grave ameaça de segurança. Suga disse que o lançamento foi uma clara violação das resoluções da ONU e que o Japão trabalhará junto a Estados Unidos, Coreia do Sul e outras nações para responder à Coreia do Norte.

No início de agosto, a Coreia do Norte anunciou que conseguiu desenvolver uma ogiva nuclear para caber dentro de mísseis balísticos, o que soou como uma ameaça de ataques aos Estados Unidos e à Coreia do Sul. O anúncio desencadeou uma troca de ameaças entre Washington e Pyongyang e elevou as tensões diplomáticas. No entanto, o governo norte-coreano alegou que esperaria um ação americana antes de ativar o plano elaborado para atacar a ilha de Guam, território americano no Pacífico, com quatro mísseis.

 

Assistente de Logística commerce – 1 Vaga – São Paulo – SP

Ex-namorada conta: “Fui contratada para namorar Thammy”