in ,

Na ONU, Trump diz que EUA não terão escolha a não ser “destruir totalmente” a Coreia do Norte

FotoTrump e Temer Foto: Beto Barata/PR

Declaração provocou murmúrios na plateia de líderes mundiais

O presidente norte-americano Donald Trump disse na manhã desta terça-feira (19/09), em Nova York, em reunião da Organização das Nações Unidas (ONU) que os EUA não terão outra escolha que não “destruir totalmente” a Coreia do Norte, caso sejam obrigados a defender a si ou a seus aliados da ameaça nuclear representada pelo regime de Kim Jong-un.

A declaração provocou murmúrios na plateia de líderes mundiais reunidos em Nova York para a Assembleia-Geral da organização.

“Esperamos que isso não seja necessário. É para isso que a ONU existe”, afirmou. Mas o republicano ainda alertou: “A Coreia do Norte tem de reconhecer que a denuclearização é seu único futuro aceitável.”

Temer também discursou

Antes de Trump, o presidentte brasileiro Michel Temer discursou e falou sobre o desarmamento nuclear, manifestou-se contra o nacionalismo exacerbado e o protecionismo, e promoveu a acolhida de imigrantes e refugiados.

Linkin Park anuncia show tributo a Chester Bennington e lança videoclipe com imagens do vocalista

IFRJ abre 1.285 vagas para cursos técnicos gratuitos – Descubra como se inscrever