in , ,

Forças Armadas voltam a agir na Rocinha, no Rio de Janeiro

Reprodução

Seiscentos homens das Forças Armadas atuam na região

As Forças Armadas retornaram à comunidade da Rocinha, na Zona Sul do Rio de Janeiro, no início da manhã desta quarta-feira (11/10). Ontem, os agentes realizaram uma ação de varredura na comunidade, mas deixaram o local no fim do dia. O objetivo é que a ação desta quarta também não seja de permanência, mas de apenas um dia.

De acordo com o Comando Militar do Leste, a operação desta quarta é um desdobramento da operação realizada na terça, quando a ação dos militares se concentrou do lado do bairro da Gávea. Nesta quarta, no entanto, a ação vai se concentrar do lado de São Conrado. Seiscentos homens das forças armadas estão na comunidade e o espaço aéreo tem restrições. As tropas dão apoio à Polícia Militar na busca de armas, drogas e criminosos nas áreas de mata da Rocinha.

“Não é uma operação de cerco como as demais. Ela é um apoio técnico no sentido de realização de operações de varredura. É um trabalho que emprega detectores de metais e pólvora para detectar materiais que estejam escondidos”, explicou o porta-voz do Comando Militar do Leste, coronel Roberto Itamar. No total, 1.100 homens atuam na favela, sendo 550 homens das forças armadas (Fuzileiros Navais, Exército e Força Aérea Brasileira) e 550 da Polícia Militar.

Mulher do traficante Nem é presa

A mulher do traficante Antônio Bonfim Lopes, o Nem, foi presa nesta terça. Danúbia Rangel estava escondida na casa de uma amiga no Morro do Dendê, na Ilha do Governador. Ela foi condenada a 28 anos de prisão por tráfico de drogas, associação criminosa e corrupção ativa. Segundo agentes que efetuaram a prisão, Danúbia não quis dar muitas declarações. Disse apenas que que tem poucas informações do marido, já que não podia visitá-lo por estar foragida, e que não sabe praticamente nada da guerra da Rocinha.

A criminosa foi expulsa da Rocinha pelo bando de Rogério 157, rival do grupo de Nem na disputa pelo tráfico na comunidade. A batalha sangrenta, intensificada há semanas, levou à realização de operações de segurança quase diárias, inclusive com o reforço das forças militares – nesta terça, houve novos tiroteios. Segundo investigações, mesmo expulsa pela quadrilha rival, Danúbia ainda tem influência na Rocinha.

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Comments

Loading…

0

Comments

0 comments

Madrasta condenada pela morte de Isabella Nardoni deixa presídio em saída temporária de Dia das Crianças

Neymar realiza sonho de fã com doença rara