in , ,

Com casa interditada, vizinhos dormem do lado de fora após explosão em empresa de segurança

Arquivo pessoal/ Reprodução

Criminosos explodiram empresa de valores e atacaram quartel da PM para evitar ação da polícia. Policial civil foi morto.

Moradores estão dormindo nos fundos de casa depois que o teto desabou durante a explosão da empresa de valores de Araçatuba (SP) que ficou destruída com a ação de uma quadrilha na madrugada de segunda-feira (16/10). A Defesa Civil interditou quatro imóveis parcialmente e uma quinta residência foi totalmente fechada por apresentar risco de desabamento. Algumas famílias preferiram ficar em um hotel.

A ação da quadrilha explodiu o prédio da empresa de valores e também ateou fogo em veículos para bloquear a saída de viaturas do quartel da Polícia Militar que fica perto do local do roubo, durante a madrugada desta segunda-feira, em Araçatuba. Criminosos atiraram contra a entrada para impedir a saída dos policiais que estavam no quartel e houve troca de tiros. Um policial civil de folga foi baleado e morreu durante o assalto. Após o crime, mais de 30 criminosos fugiram em diversos veículos.

Até o final da tarde de terça-feira (18/10), oito veículos de luxo foram localizados. Segundo a polícia, eles eram furtados ou clonados. Por enquanto não há informação de presos. Em nota, a Protege confirmou o assalto e disse que “todos os vigilantes encontram-se em segurança e a empresa está colaborando com as autoridades na investigação em curso”.

 

Faustão se irrita e proíbe beijos na Dança dos Famosos

Saiba como votaram os senadores na sessão que derrubou afastamento de Aécio Neves