in ,

Incêndio que já destruiu 26% da Chapada dos Veadeiros “foi causado por ação humana”, afirma chefe do parque

Foto: Flávia Davies/ ICMBio

Chefe do parque da Chapada dos Veadeiros diz que incêndio foi criminoso

O maior incêndio que já atingiu o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, uma das mais importantes unidades de conservação do Brasil, já dura oito dias, tendo destruído 64 mil hectares, ou 26% de sua área total, o equivalente à metade da área do município do Rio de Janeiro, por exemplo. Cerca de 200 pessoas trabalham 24 horas por dia no local na tentativa de conter as chamas, ainda sem controle.

Em entrevista à BBC Brasil, o chefe do parque, Fernando Tatagiba, afirma que o início do fogo foi um ato criminoso:

“Não existe a possibilidade de combustão espontânea nessa região e 100% dos incêndios na seca no Cerrado são provocados pelo homem. O local onde ele começou deixa claro que o incêndio foi uma ação humana”, disse.

Tatagiba se refere ao ponto de início das chamas, à margem da rodovia GO-239, que liga a cidade de Alto Paraíso ao vilarejo São Jorge. Além de ser um ponto estratégico para a fuga do autor do incêndio, o local facilitou a propagação das chamas.

Segundo Tatagiba, não existe causa natural possível para as chamas, o que significa que a tragédia foi provocada.

“A única causa [natural] de incêndios no cerrado são raios. E a época de incidência deles é no período de chuvas, mas não tivemos tempestades nesse último mês ou queda de raios”, afirma Tatagiba.

O chefe do parque diz que não tem elementos para dizer quem é o autor do incêndio e que a identificação será estabelecida após perícias e investigações.

O incêndio acontece após a expansão do parque, em junho deste ano, quando passou de 65 mil para 240 mil hectares. Por conta disso, boatos apontam fazendeiros da região como responsáveis. A área destruída agora já equivale, em tamanho, às antigas dimensões da unidade.

5 Dicas sagazes para quem está começando a vida profissional

Lamborghini de cerca de R$ 3 milhões fica destruída após acidente