in

Lamborghini de cerca de R$ 3 milhões fica destruída após acidente

Foto: Reprodução/site Taiada

Motorista sofreu queimaduras leves e passa bem.

Uma Lamborghini avaliada em aproximadamente R$ 3 milhões caiu de um barranco, pegou fogo e ficou completamente destruída após um acidente em um evento de velocidade em Caçapava, em São Paulo. O motorista teve ferimentos leves e conseguiu sair do veículo antes que as chamas consumissem o carro. O acidente aconteceu no último sábado (21/10) durante um torneio de arrancada, que reuniu carros esportivos na pista de decolagem do Aerovale – aeroporto privado no Vale do Paraíba.

De acordo com relatos de participantes do evento, a pista possui cerca de 1,5 km de extensão e as pessoas que assistiam o evento estavam na área de arrancada e não era possível visualizar o final da pista, onde ocorreu o acidente. O público só percebeu o acidente quando os organizadores foram até o final da pista atender a vítima.

Artur Zaltsman, espectador do evento, relatou que chegou a conversar com o proprietário da Lamborghini antes do acidente – o próprio dono do veículo era quem pilotava.

“Ele me deixou entrar no carro, filmar e fotografar. Ele sempre troca a envelopagem do carro para os eventos, neste estava com essa ‘reflexo’ cinza”, contou.

Carro antes do acidente/ Foto: Arquivo pessoal/Artur Zaltsman

O público foi impedido de acessar a área do acidente, que ficou restrita à circulação dos profissionais que trabalhavam no evento.

O torneio foi parado por aproximadamente uma hora para o atendimento da vítima. Ele foi socorrido com ferimentos leves por bombeiros civis contratados pelo próprio evento e levado para o pronto-socorro de Caçapava, onde recebeu os primeiros socorros. Ele sofreu queimaduras leves. Posteriormente, foi transferido para um hospital de São Paulo.

A K2 Racing, responsável pelo evento de velocidade “K2 Xperience”, informou que o evento tinha autorização para ocorrer, obedecia normas de segurança e contava com uma equipe própria preparada para emergências. Estavam disponíveis, segundo a organização, ambulância UTI e uma equipe de bombeiros. Sobre o motivo ou circunstâncias do acidente, a K2 Racing não deu informações e disse que o estado de saúde do piloto é estável. A identidade dele não foi informada, mas a placa do carro era de Campinas (SP). O carro é um modelo Aventador Roadster, ano 2014. De acordo com a tabela Fipe, um carro deste modelo tem valor médio de R$ 3 milhões.

A Aerovale informou que o espaço foi alugado para a empresa e que não tem responsabilidade pelo acidente.

“Tecnicamente a pista está perfeita. É um evento fechado e a responsabilidade é do contratante”, disse em nota. A K2 Racing reafirmou que as condições da pista eram adequadas.

A Polícia Civil informou que teve acesso às fotos do acidente, mas que nenhum boletim de ocorrência foi registrado. O Corpo de Bombeiros da cidade também informou que não foi acionado.

Incêndio que já destruiu 26% da Chapada dos Veadeiros “foi causado por ação humana”, afirma chefe do parque

Ingerir bebida alcoólica ajuda a falar melhor um idioma estrangeiro?