in , ,

Casal é preso, suspeito de dopar e violentar cerca de 10 adolescentes

Reprodução

Meninas eram chamadas para trabalhar como babá na residência dos suspeitos

Um casal foi preso suspeito estuprar várias adolescentes em Ubajara, no Ceará. De acordo com o delegado Rubani Pontes Filho, o casal foi detido no sábado (04/11), após familiares de uma das jovens denunciar o caso na Delegacia Municipal de Ubajara, junto com o conselho tutelar da cidade. Cerca de 10 meninas foram vítimas, conforme a polícia.

Segundo o delegado, Raquel de Sousa Rodrigues, de 21 anos, convidava as garotas para trabalhar como babá do filho deles e, após algum tempo, oferecia suco de uva com substâncias que as faziam dormir. Então, o companheiro dela, José Rubens de Sousa Filho, de 23 anos, estuprava as meninas.

No celular da mulher presa, há troca de mensagens com crianças, indicando o local que elas deveriam ir. As mensagens indicam o horário em que as garotas deveriam ir um sítio, na zona rural de Ubajara.

De acordo com o delegado, uma das vítimas afirmou em depoimento que depois de tomar o suco não se lembrava mais de nada. Ao acordar, segundo o delegado, ela percebeu o abuso. A polícia, junto com o conselho tutelar de Ubajara, a encaminhou para ser submetida a exames no Instituto Médico Legal de Sobral, cidade distante 82 quilômetros do local do crime. Segundo levantamento do conselho tutelar, foi comprovado o estupro.

Pontes relatou ainda que outras jovens acompanhados com familiares chegam à delegacia de Ubajara para relatar outros casos. Segundo o delegado, os relatos são similares.

“Estamos investigando outros crimes cometidos pelo casal. Já temos outros depoimentos colhidos. Sempre a mesma história. A mulher convida para o trabalho, oferece o suco de uva e [a criança] cai desacordada. Inclusive já temos o conhecimento de que uma jovem confirmou clinicamente o estupro”, disse.

Os suspeitos foram ouvidos pelo delegado. A mulher está presa na Delegacia Regional de Tianguá (4ª Região). O homem está detido na Cadeia Pública de Ubajara. A Polícia Civil investiga, ainda, a participação de mais suspeitos no caso.

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Comments

Loading…

0

Comments

0 comments

Descubra se você é uma das 1 milhão de pessoas que baixaram versão falsa do WhatsApp

Acusado de racismo, William Waack é afastado do Jornal da Globo – Assista ao vídeo!