in ,

Diretor do Colégio Pedro II é preso suspeito de falso testemunho em caso de agressão sexual

Reprodução

Diretor teria mentindo em depoimento sobre caso de menina que teria sido violentada por colegas

O diretor da unidade de São Cristóvão do do Colégio Pedro II, Bernardino Matos, foi preso em flagrante, nesta terça-feira (21/11), por suspeita de falso testemunho. O diretor prestava depoimento na audiência na Vara da Infância e da Juventude, que apura um caso de agressão sexual ocorrida na unidade, em 2015.

Em depoimento, o diretor teria afirmado não saber que uma jovem de 12 anos sofreu por três vezes violência sexual e discriminação por parte de alunos, com idade entre 15 e 17 anos. A fala contraria a versão de diversas testemunhas do processo, o que fez a juíza interpretar como falso testemunho a fala do diretor.

O diretor foi ouvido na delegacia e vai ser feito o registro de ocorrência por falso testemunho, segundo o delegado Marcelo Carregosa, da 5ª DP (Centro). O Tribunal de Justiça confirmou a prisão, mas informou que o processo corre em segredo de justiça.

 

Nick Carter, do Backstreet Boys, é acusado de estupro por cantora

Cláudia Rodrigues é internada às pressas – Com infecção, atriz pode ter visão comprometida