in ,

Vingança! Em O Outro Lado do Paraíso, Clara faz Sophia ser presa e algemada em público

Milionária acusa a ex-sogra de usar trabalho escravo em garimpo e a vilã é levada para a cadeia

A primeira parte do plano de vingança de Clara (Bianca Bin) contra Sophia (Marieta Severo) terá sucesso, culminando com a prisão da vilã de “O Outro Lado do Paraíso”.

Depois de denunciar a mãe de Gael (Sergio Guizé) por escravizar os trabalhadores de seu garimpo de esmeraldas, a milionária vai rir ao ver a inimiga ser algemada e encaminhada para a delegacia. As cenas estão previstas para irem ao ar a partir do dia 30 de dezembro.

A juíza Raquel (Erika Januza) e delegado Bruno (Caio Paduan) visitam, junto de policiais, as terras ricas em esmeraldas para fiscalizar. Sophia interrompe o trabalho de seus funcionários e questiona em tom irônico:

“Trabalho escravo? Alguém aqui é obrigado a trabalhar com correntes nos pés?”.

O garimpeiro Mariano (Juliano Cazarré) interfere: “Corrente no pé, não”, diz. Com isso, Raquel indaga se existe dívidas com roupas e alimentação e Amaral (Sergio Fonta), administrador dos bens da vilã, afirma que a patroa fornece roupas aos funcionários.

“Posso ver os registros?”, pede a juíza do trabalho Elza. “Só sei que entra mês, sai mês, a dívida não acaba”, incrimina um garimpeiro. Ao ouvir Sophia mandar o homem se calar, outro trabalhador acusa: “Se a gente for embora, a senhora manda a polícia atrás por dívida, não manda?”.

Raquel se espanta ao receber os documentos de Amaral, por conta dos altos preços das peças de roupa: “Olha só os preços das roupas? Eles usam roupa de grife? O preço que eles cobram é de grife!”.

Os alojamentos do garimpo também são reprovados pelos fiscais. As autoridades então  decidem interromper as atividades no garimpo depois da averiguação no local.

“Tem que ter adicional de periculosidade. O caso é sério. É mesmo questão de interditar a mina”, informa Raquel, que passa a ser chamada de “maldita” por Sophia. “Está presa. Por desrespeito à autoridade. Delegado”, fala a juíza, chamando por Bruno. “Não ofende a Raquel! Está presa. Estende as mãos”, solicita o filho de Nádia (Eliane Giardini) e oferece as algemas para prendê-la.

Além de Raquel, Sophia também desacata Bruno ao resistir em sua prisão.

“Não vai me prender, Bruno. Te vi de fraldas. Sujo. Agora quer me prender? Te dou uns tapas, moleque”, grita a viúva. “Ofendeu mais uma autoridade. Sou delegado. É cadeia. Segura ela. Toca pra delegacia”, manda o marido de Tônia (Patrícia Elizardo), enquanto Clara ri ao vê-la algemada.

“Tenha uma boa noite, Sophia”, deseja a mocinha.

“Você planejou tudo, não, Clara? Você me denunciou! Vai ter o troco. Maldita! Maldita”, grita a avó de Tomaz.

Ao ver o desespero dos garimpeiros com a interdição do local, Clara e Patrick resolvem ajudá-los:

“Eu garanto que nada faltará para ninguém”.

Justiça argentina pede prisão de ex-presidente Cristina Kirchner

O que fazer no fim do ano? Internautas contam seus planos