5 Dicas para deixar a sua ceia de Natal mais barata

0
115
Reprodução

Confira as dicas para a ceia natalina não ser indigesta para seu bolso

Com o Natal está chegando, saiba que é possível planejar uma ceia deliciosa, sem se perder nos gastos. Veja cinco dicas que vão ajudar você a economizar:

Frutas

As frutas secas são populares no Natal, mas com a grande procura nesta época do ano, nozes, damascos e castanhas costumam ficar bastante caras. Como são produtos com uma data de validade extensa, é possível comprar com antecedência e por um preço mais em conta. Mas, se você não teve tempo de ir às compras, a solução é mudar o cardápio. Use frutas da estação para decorar a mesa e também em receitas alternativas. Com o nosso clima tropical, frutas frescas caem bem.

Prato principal

As carnes também costumam ficar mais caras neste período. O ideal é pensar em um prato principal que seja feito com carne (seja bacalhau, peru, porco ou outra de sua escolha) e os demais acompanhamentos com muitas verduras e legumes, que são muito mais baratos.  Você pode pensar também em massas ou um salpicão.

Bebidas

Quando se reúne muitas pessoas, a bebida costuma ser uma parte polêmica, já que algumas pessoas não ingerem bebidas alcoólicas, outros bebem até demais, outros não bebem refrigerantes, só suco e etc. Para evitar problemas e ainda economizar, uma boa saída é combinar com os convidados para que cada um leve sua própria bebida. É mais justo para o bolso de todos e cada um bebe o que quiser.

Sobremesas

As ceias natalinas costumam ser muito fartas, assim, as pessoas acabam exagerando nas entradas e no prato principal. Sendo assim, não há necessidade de fazer muitas sobremesas ou apostar em receitas complicadas e caras. Invista em sobremesas simples e baratas. A família já estará bem satisfeita na hora de comer os doces e você evita desperdício de dinheiro e de comida.

O dia seguinte

Com certeza vai sobrar muita comida depois da ceia. É hora de usar a criatividade e pensar em alternativas para que não haja desperdício. As sobras de carne e dos acompanhamentos podem virar bolinhos fritos, tortas, omeletes, etc. O importante é não desperdiçar comida (e dinheiro).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui